quinta-feira, 24 de julho de 2014

ONG faz entrega de alimentos

 
ONG Unidos do Amanhã, localizada no jardim Independência III, faz entrega de alimentos, verduras , frutas , legumes a quem precisa. sopão as quintas, mulheres abnegadas que adotaram o
voluntarismo. Parabéns Valeria, Parabéns Cida, vocês são duas guerreiras
—.


Medalha de ouro para o Brasil

O jornalista Garcia Gambero diz na sua próxima coluna da Folha Marialvense que  o  Brasil conquistou medalha de ouro em olimpíada da língua portuguesa  em Luanda,Capital de Angola. O nosso vencedor foi André Yuji  Hisatsuga.Conquistamos ainda mais três medalhas de prata.

Jornalista de O Repórter Regional deve ser homenageado

O jornalista Garcia Gambero que tem sua coluna nos jornais O Repórter Regional ( 21 anos em Sarandi) e Folha Marialvense ( 20 anos) em Marialva, deverá ser homenageado em Avanhandava (SP)  sua terra natal,.a informação foi dada hoje para a nossa redação por um colega de lá, que prefere por enquanto  ficar no anonimato. Gambero é advogado criminalista, jornalista, escritor, atuou muito tempo no Diário Popular de São Paulo, jurado do Clube do Bolinha, Chacrinha e tantos outros programas de TV. Nossa amizade iniciou há  mais 40 anos atrás, quando Garcia Gambero e o ex deputado Federal e advogado  Edgar Martins, eram meus parceiros, num escritório da rua Guarará nos Jardins-SP. Capital

Agenda de Campanha - Roberto Requião 15

24 de Julho -

08:15 Reunião de Trabalho
Local Bigorrilho
10:00 - Festa do Produtor Rural - Pien
11:30 - Radio Caiçara Fm ( Ao vivo no Estudio) 
12:00 Entrevista ao Jornal Regional de Pien
16:30 - Reunião de Trabalho
Local: Bigorrilho
17:30 - Despachos e Atendimentos

Local: Comitê Central - Rua Alberto Foloni - 1749

Pai do céu até onde chegamos

Os ladrões

Um ex servidor público e um  servidor público atual conversavam domingo em uma lanchonete na cidade, quando em determinado momento da conversa o ex servidor público disse para o atual. " Eu te ensinei a roubar, mas resolvi parar, você no entanto não tem limites e continua roubando" coluna do jornalista Verdelírio Barbosa

Prisão


A Guarda Municipal Sarandi prendeu três elementos, sendo dois homem e uma moça , por tráfico de drogas A GM  se dirigiu até uma residência do Jardim Nova Aliança e acabou localizando dinheiro ,maconha e outras substancias tóxicas. fonte e foto face da GM


Paraná: vereadores são processados por nepotismo e uso de equipamento público em área particular

A 6.ª Promotoria de Justiça de Toledo (Oeste do Estado) ajuizou, esta semana, ações civis públicas contra dois vereadores (um de Toledo e outro de São Pedro do Iguaçu), por atos de improbidade administrativa. Ambas tramitam perante as Varas de Fazenda Pública da comarca e aguardam decisão.

Na primeira ação, um parlamentar é processado por ter contratado seu sobrinho como estagiário em seu gabinete, na Câmara Municipal de Toledo. O Ministério Público na comarca aponta que a prática configura nepotismo na administração pública, violando a Súmula Vinculante número 13, além de afrontar o artigo 128, § 10, da Lei Orgânica do Município de Toledo, que estabelece a mesma proibição para contratação de parentes de agentes públicos.

A Promotoria de Justiça argumenta, ainda, que, ao encaminhar a documentação para a Câmara Municipal de Toledo, a fim de obter a formalização de sua contratação, o sobrinho do vereador, que é estudante universitário, preencheu declaração afirmando que atendia o requisito previsto no § 10, do artigo 128 da Lei Orgânica do Município, que veda a contratação de parentes para cargos em que não há processo seletivo. "Dessa forma, inseriu declaração ideologicamente falsa em documento público, configurando, em tese, a prática do crime previsto no artigo 304 c/c artigo 299, caput, ambos do Código Penal (uso de documento público ideologicamente falso)", aponta trecho da ação. O Ministério Público requer à Justiça, em liminar, a indisponibilidade de bens do parlamentar e do sobrinho, nos valores de R$ 150 mil e R$ 6,2 mil, respectivamente.

A segunda ação foi ajuizada contra um vereador de São Pedro do Iguaçu. Conforme a investigação realizada pela Promotoria de Justiça, a partir da denúncia de um morador da zona rural do município, foi utilizada – a pedido do vereador – uma motoniveladora da prefeitura, para fazer a terraplanagem em uma área particular. O objetivo seria melhorar as condições de uma via rural, para favorecer uma empresa que atua na venda de equipamento resfriador de leite.

"Diante dessas circunstâncias, tem-se que o vereador violou princípios que regem a administração pública, em especial, os princípios da legalidade, impessoalidade e moralidade (artigo 11, caput e inciso I, da Lei 8.429/1992), pois, no exercício de seu cargo de vereador, colocou um servidor público e uma máquina de propriedade da Prefeitura Municipal de São Pedro do Iguaçu a serviço de interesses particulares, acreditando tratar-se de algo normal", sustenta a Promotoria de Justiça, na ação inicial. O MP também pede a indisponibilidade de bens do requerido, no valor de R$ 13,7 mil.-Extraído do Portal O Bonde

Após acidente, populares saqueiam caminhão carregado de frango


Populares saquearam um caminhão durante a manhã desta quarta-feira (23), na PR-158, entre os municípios de Pato Branco e Vitorino, no Sudoeste do Paraná.

A ação aconteceu depois que o veículo bateu em um barranco e tombou na pista. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) tentou conter a ação, mas sem sucesso.

O caminhão era conduzido por um funcionário de uma empresa alimentícia. A câmara fria do caminhão estourou, causando o derramamento de mais de 27 quilos de frango.

Três viaturas com sete policiais compareceram ao local para conter a ação, mas pelo menos 70% da carga foi saqueada. O motorista não ficou ferido no acidente. `portal O Bonde

Ingratidão

É o que vai acontecer com muitos candidatos e também com eleitores

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Quando a água bate na bunda dai todo mundo aprende a nadar.






Nessa tirinha o autor Quino (Argentino) chama a atenção mais uma vez para os valores morais da humanidade. A população mundial cresce em proporções "bacterianas", ou seja, muito rápido e sem consciência.

Vamos trazer isso para a realidade do nosso País:

Até o início de 2010, a população do Brasil totalizava 192.304.735 habitantes, pessoas que ocupam lugar no espaço, produz lixo, produz gases poluentes( como metano e CO2) e ultimamente não produz quase nada de bom e útil.

Análisando nossa popoulação aos olhos de Descartes que disse :"Eu duvido, logo penso, logo existo" vemos que temos 192 milhões de "mortos-vivos" brasileiros...pessoas que vivem, mas não existem.

Não existem porque não pensam e, se pensam, só pensam em levar vantagem, em sacanear , em dar o "jeitinho brasileiro" de ir empurrando com a barriga.

Não se importam com a criminalidade, com a pedofilia, com a corrupção ..lógico que não se importam até ter uma filha estuprada , um pai morto , um carro roubado...dai sim, dai querem justiça, querem educação, querem mais saúde, querem mais segurança e etc.

Por que precisam sentir na pele para poder fazer alguma coisa? por que precisam ficar sem oxigênico para aprender a plantar árvores?Por que precisam da dor para se unirem pelo bem comum?

E você, prefere aprender pela dor ou pelo amor?

Morre o escritor Ariano Suassuna. veja sua biografia

Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa (PB), no dia 16 de junho de 1927, filho de Cássia Vilar e João Suassuna. No ano seguinte, seu pai deixa o governo da Paraíba e a família passa a morar no Sertão, na Fazenda Acauã, em Aparecida, Paraíba.
Com a Revolução de 1930, seu pai foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro e a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Nessa cidade, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.
A partir de 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano, no Colégio Americano Batista e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte iniciou a Faculdade de Direito, onde conheceu Hermilo Borba Filho. E, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, escreveu sua primeira peça, Uma Mulher Vestida de Sol. Em 1948, sua peça Cantam as Harpas de Sião (ou O Desertor de Princesa) foi montada pelo Teatro do Estudante de Pernambuco. Os Homens de Barro foi montada no ano seguinte.
Em 1950, formou-se na Faculdade de Direito e recebeu o Prêmio Martins Pena pelo Auto de João da Cruz. Para curar-se de doença pulmonar, viu-se obrigado a mudar-se de novo para Taperoá. Lá escreveu e montou a peça Torturas de um Coração em 1951. Em 1952, volta a residir em Recife. Deste ano a 1956, dedicou-se à advocacia, sem abandonar, porém, a atividade teatral. São desta época O Castigo da Soberba (1953), O Rico Avarento (1954) e o Auto da Compadecida (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, por Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.
Em 1956, abandonou a advocacia para tornar-se professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. No ano seguinte foi encenada a sua peça O Casamento Suspeitoso, em São Paulo, pela Cia. Sérgio Cardoso, e O Santo e a Porca; em 1958, foi encenada a sua peça O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna; em 1959, A Pena e a Lei, premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.
Em 1959, em companhia de Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste, que montou em seguida a Farsa da Boa Preguiça (1960) e A Caseira e a Catarina (1962). No início dos anos 60, interrompeu sua bem-sucedida carreira de dramaturgo para dedicar-se às aulas de Estética na UFPE. Ali, em 1976, defende a tese de livre-docência A Onça Castanha e a Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira. Aposenta-se como professor em 1994.
Membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967); nomeado, pelo Reitor Murilo Guimarães, diretor do Departamento de Extensão Cultural da UFPE (1969). Ligado diretamente à cultura, iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais. Convocou nomes expressivos da música para procurarem uma música erudita nordestina que viesse juntar-se ao movimento, lançado em Recife, em 18 de outubro de 1970, com o concerto “Três Séculos de Música Nordestina – do Barroco ao Armorial” e com uma exposição de gravura, pintura e escultura. Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).
Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971) e História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao Sol da Onça Caetana (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.
Ariano Suassuna construiu em São José do Belmonte, onde ocorre a cavalgada inspirada no Romance d’A Pedra do Reino, um santuário ao ar livre, constituído de 16 esculturas de pedra, com 3,50 m de altura cada, dispostas em círculo, representando o sagrado e o profano. As três primeiras são imagens de Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José, o padroeiro do município.

Projeto Eu Cuido abre inscrições para Dança do Ventre


  O Projeto Eu Cuido da Secretaria Municipal da Juventude Cultura, Esportes e Lazer de Sarandi atende hoje em torno de 800 crianças de 5 a 16 anos, que participam de oficinas pedagógicas que funcionam no contra turno escolar.
As modalidades oferecidas são  na modalidade de futsal, basquetebol, voleibol, futebol, handebol, judô, atletismo e natação.
A coordenadora das oficina Maria Cristina, anunciou um novo curso, Dança do Ventre, que será ministrado pela professora Rosimeire no Pólo Cultural no Jardim Independência na segunda-feira e na quarta-feira de manhã, para alunos de todas as idades, o curso é gratuito.
  As inscrições podem ser feitas na Casa da Cultura na Praça Ipiranga no centro de Sarandi, falar com Eliana ou Maria Cristina.



Assessoria de Comunicação de Sarandi